domingo, 20 de setembro de 2009

Eu Danço Com os Hamsters na Floresta

Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la
Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la

Nós cantamos muitas canções alegres
E dançamos pelados
Brincamos de pular na lama
E de roer madeira

Soa o alarme:
-É hora de cirurgia cerebral!! Quem se candidata?

Os hamsters ficam gritando como loucos, todos querem ter o cérebro operado.

-Ok, você será o primeiro felizardo.

Abro o cérebro dele. E retiro todo o seu conteúdo.

Lhe ofereço, numa pequena colher, um pouco de sua própria massa cerebral. Ele diz:
-Muito obrigado. É, de fato, muito delicioso. Diria, uma iguaria.

Então ele devora o resto de seu cérebro e voltamos a dançar.


Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la
Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la

Nós cantamos muitas canções alucinantes
E dançamos nos exibindo
Brincamos de pular no lixo
E de mastigar madeira podre

Soa o alarme:
-É hora de espancar o colega!! Quem se candidata?

Os hamsters ficam gritando como loucos, todos querem ser espancados.

-Ok, você será o segundo felizardo.

Ao meu sinal, todos começamos a espancá-lo. Quando ele está quase morto, vejo que está tentando dizer algo:
-Muito obrigado. Foi, de fato, muito agradável. Estou me sentindo revigorado.

Então ele se levanta de sua poça de sangue e voltamos a dançar.


Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la
Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la

Nós cantamos muitas canções grotescas
E dançamos esfregando a genitália
Brincamos de pular no nosso próprio cocô
E de comer madeira podre e contaminada

Soa o alarme:
-É hora de cometer suicídio!! Quem se candidata?

Os hamsters ficam gritando como loucos, todos querendo se suicidar.

-Ok, você será o último felizardo.

Ao meu sinal, ele se suicida. Quando ele já está morto, vejo que está tentando dizer algo:
-Muito obrigado. Foi, de fato, uma experiência diferente. Estou me sentindo um pouco estranho, entretanto.

Então, como ele não consegue mais dançar, deixamos seu corpo estirado no chão, para que apodreça, e voltamos a dançar.

A dança continua deliciosa. Mas como tudo que é bom dura pouco, após alguns dias de dança ininterrupta nossas veias e articulações da perna começam a falhar, e começamos a cair pelo chão, lutando ainda, para continuar a dança.

-Não parem! Não parem! Dancem!

Logo me dou conta de que estou estirado em cima de uma montanha de hamsters mortos, madeira podre e contaminada, fezes, lixo, sangue, cérebro, e líquido seminal.

Como não tenho mais condições de me locomover, resolvo cantar uma última canção antes que eu me integre definitivamente à montanha que me acolhe:

Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la
Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la

Nós cantamos muit...

(Nessa hora eu apodreço e morro)

41 comentários:

*Su* Srta. Ilusão disse...

^^"
Quando leio seus textos tenho a impressão de que....quantos anos tem mesmo? 15? 16?

São muito toscos! Digo,seus textos..rs! Por que sempre parecem anormais como que para fazer alguém vomitar?

♥ Mαrcellα L. disse...

"Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la
Eu danço com os hamsters na floresta
Tra-la-la"

Você bebe ou posta sob o efeito de alguma droga? o.O
EU AMOOOOO SEUS POSTS!
KKKKKKKKKKKKKKKK

Alguém sempre morre ou é esculaxado!

Perfeito!




Beeeeijos

Rafa Cullen disse...

meldels, o que foi isso? oO' suuuper tosco! amay! *-*
beijinhos ;*

Tatá R. da S. disse...

" Nós cantamos muitas canções grotescas
E dançamos esfregando a genitália
Brincamos de pular no nosso próprio cocô
E de comer madeira podre e contaminada. "

Tipo, o engraçado é ver esta cena mentalmente sendo executada com alegria. xD
Me veio à cabeça o resumo da vida. O fato da sociedade, do mundo, não nos permitir parar em momento algum, mesmo quando preferimos diminuir ou parar o ritmo. É fadigoso. Acho que só paramos mesmo depois de mortos, né? =/
Viajei. x)
Divertido, Rafa!
=*

Vanessa. disse...

Não, a história é inventada mesmo.


Eu não danço com os hamsters
lálálá...

Beijo
:*

*Su* Srta. Ilusão disse...

não me interprete mal...[no comentário que fiz acima].

seus textos são lidos e, são lidos porque são toscos, engraçados. Afinal, o que seria a vida se não tivesse um pouco de graça?

VP! disse...

Muito bom, estilo ultraviolento.

Curti e vlws pela visita no vinivini.

Anônimo disse...

Ainda encontro leveza no texto,legal. Bizarro o blog, também legal. Mas... ainda bem que é apenas uma página na internet

Katrina disse...

Eu danço com ratazanas mesmo, bem mais elegante

Natália Corrêa disse...

Cara, seus textos são tão laranja mecânica!

anne biah disse...

Nota mental: nunca dançar com hamsters em uma floresta.

Eleanor Rigby disse...

ahahahahaha EU A-D-O-R-E-I!

Boa semana!

Natália disse...

Daonde tu tira essas ideias? abraço

pequena disse...

Meu deus rsss que post né? nem sei o que dizer... vc me chamou de ciclope ou eu me enganei kkkkkkkkkk

bom, não sou um ciclop, na verdade tenho 2 olhos e eles são grandes mesmo kkkk

bjos e boa semana que começa rss

Patrícia Lage disse...

Fiquei com a maior cara de 'ué' aqui. Mas ADOREI!

=)
Meu beijo.

Gêsa disse...

Ah que chato eu tive um hamster e ele nem dançava. Acabei matando ele de fome, mais JURO que foi sem querer.

ps: tu tens uma puta de uma criatividade.

Érica disse...

Quando eu leio teus textos, parece que fumei maconha e tô doidona. A lombra é grande viu? David Lynch está perdendo. Poderias escrever os roteiros dele. rsrsrs
Beijos

being fashion is... disse...

uahauahuu....
obrigada pela visita e eu jah sou sua seguidora.... uhauhauh...

beijos, querido.

Luh* disse...

Eu não danço com hamsters na floresta...
rsrs

Quanto tempo q eu não vinha aki cara! saudades de teu blog!
beijos

Myÿ h disse...

SAYSYASUAIOUSIAOUSIOAUSIAUSOUAOISUAISUOIAUSOIAUSOIAUISUAOIUS

Myÿ h disse...

você parece que bebe as vezes! o.O USAIS

John Rômulo disse...

Cara seus textos provocam paixões ( amor e odio )
Existem umas partes que realmente são de babar na grafata,mas não conseguimos parar de ler!
parabéns mais uma vez

em breve novo post lá !

continue com seu estilo sempre !

carolinefurtado900 disse...

A músiquinha fica na minha cabeça! haha
adoorei muito o blog, gostei dos teus textos também me encantaram !
estou te seguindo.
beeijo

Daninha disse...

Apodrece e morre de tanto cantar. '-'
AOSPKAPSOPAKSPAOSPAKSPOPK'
Beijos

Gabriela M. disse...

eu ri caramba.

~

eu perdi o link de manoel de barros que você me mandou.
manda de novo?

E.Suruba disse...

isso aê tá mutxo loco!
eu gostei!

Juliana Porto disse...

Huahuahuahauahua.
Esse seu blog é pura diversão!
"Se" mijei.
Me fez lembrar: " Ensaio sobre a Cegueira".
Beijocas, da outra carioca.
=)

disse...

UAHAUHAUAHUAHAUHAUAHUAHUAH aaah, eu ri.
Depois eu refleti, e quase, quaaaase chorei.-e nao foi de rir.


Adorei aqui.
Completamente cheio de sentidos, mesmo sendo sem sentido -Q-Q

parei.

beijos.

Dri Viaro disse...

muito legal
bjs

Ind Caroline x) disse...

caraaca, vc é mt engraçado.. obrigada por comentar lá no blog.. seu comentário foi realmente belo.. aehuaehu ;*

O Iluminado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Iluminado disse...

Gente que mente perturbadora a sua!? :P

Muito bem construído esse texto!

@philipsouza disse...

ficou parecendo aqueles filmim...hahahaha

Hadassah disse...

Obrigada pela dica, realmenta o cor do fundo tava ruin :)
Cara, a única coisa fofa em relação oa seu post foi os hamters.
rs ;)

Nadja Reis disse...

Sem sentido com sentido...


e construtivo!


rsrs



P.s:Lembrou-me Augusto dos Anjos,esse teu poema.



bjoss

Joana disse...

O escritor do mal exemplo.
Diga-me meu chapa, como vai a bela vida?

Larissa disse...

Eu adoro a tua criatividade. Hahah!

Daniela Filipini disse...

Eu já disse, é incrivel. Eu só sei escrever sobre coisas beeem racionais! AEHIOAEAHEIO

jadeamorim.com disse...

Cruel,mórbido e legal!
É uma coisa tão sem sentido! Nossa! Ameeei! rsrs
Adoreei o blog, to seguindo!


Beeijos!

pequena disse...

to passando pra dar um oi menino rss
bjim

Marianna disse...

fez muito sentido, afinal