domingo, 6 de junho de 2010

Analfabeto

.
Você tem um jeito de escrever que utiliza as palavras e encadeia as ideias, daí surge um texto que quando você lê gera um sentido geral nesse texto, como um todo, fazendo com que a gente, que é leitor, entenda a ideia que você, escritor, está querendo passar.

Mas se você for analfabeto, como escritor, o seu texto vai ficar muito complicado de entender, pois você irá utilizar palavras que não existem, e, logo, isso irá gerar expressões com sentidos que não existem também, de forma que as frases e os parágrafos irão conter ideias inexistentes até então, isso se você souber de todas as letras que existem, se não você vai acabar inventando letras, o que vai complicar ainda mais a compreensão.

E para poder apreciar esse texto, como um leitor alfabetizado, será um tanto complicado, pois as estruturas gramaticais serão todas inventadas e originais, de forma que o leitor alfabetizado irá ficar procurando um sentido e não irá encontrar. Mas caso o leitor seja analfabeto, as coisas irão fluir de forma diferente.

O leitor analfabeto não conhece as letras, as estruturas gramaticais, não sabe o que é frase, parágrafo, acento grave, agudo, etc. Ele não tem preconceitos, então qualquer coisa que aparecer no texto escrito por um analfabeto será de bom proveito para o leitor analfabeto. O leitor analfabeto irá interpretar livremente o que ele lê, dando o significado que achar melhor. E o melhor de tudo é que ele não estará errado, já que todas as estruturas, palavras e acentos do texto lido serão inéditas, poderão significar qualquer coisa.

Isudnaun934;~~d09s?





__________________________________________________________

Vejam no Desce Mais Um:

http://descemaisum.blogspot.com/2010/06/o-abacate-na-musica-ocidental.html

"O Abacate na Música Ocidental"

Um relato de paixão ao abacate, e suas utilidades acústicas.


E pra quem ainda não viu, minha entrevista pro blog Ensaios em Foco:

http://ensaiosemfoco.blogspot.com/2010/05/top-blog-em-foco-entrevista-com-rafael.html

__________________________________________________________
ATENÇÃO!
Preciso do voto de vocês!
Votem no SOMESENTIDO para o prêmio Topblog:
http://www.topblog.com.br/2010/index.php?pg=busca&c_b=113268
É fácil votar:
1-)Clique no link acima
2-)Clique no botão "votar"
3-)Coloque seu nome e e-mail (não, eles não vão te mandar spam) e confirme o voto.
4-)Quando abrir sua caixa de e-mail, valide o voto clicando no link do e-mail enviado pelo Prêmio Topblog.

É isso! Conto com o seu voto! Muito obrigado!

22 comentários:

Taiyo Omura disse...

J*uuuuv& - lljioloo - 8288buçãoçnøå><>

Pearl disse...

salvarei e mostrarei pra minha filha quando tiver uma.
talvez ela interprete-o para mim

endim mawess disse...

por isso que só os analfabetos entendem que sou o melhor escritor que existe. votei em vc, otimo espaço.

Gabriela Petrucci disse...

ouiasn, noauis! ;)

Beijo

flaviadoria disse...

...el1! ¨¬8g0~tey
ficcCCccc0oOoU MáR£a´´.~

x

gabriela m. disse...

Clunsti.

gabriela m. disse...

agora, um comentário à parte:
bah, obrigada pelos parabéns que você me deu por conseugir segurar o template.
mas você está errado, porque não consegui e troquei, mas não gostei e destroquei no outro dia, mas mesmo assim... ;D

Athila Goyaz disse...

jimurad otase!
samoas!

Jaquelyne A. Costa disse...

Xiiiiiiiiiiiiii...reiju ueq besousse oisac almagu...

Pérola disse...

Somos dois então rsrsrsrsr.
Adorei o seu texto,saber ler ou escrever ñ é necessariamente ser alfabetizado.
Parabénsssssssssss.
Beijokas

Henrique Miné disse...

não sei porque, mas me senti tão alfabetizado ao ler seu teexto...

Juliana Porto disse...

Ô saudades daqui!


Voto certo pra você.
Um beijo e um queijo!

Aline disse...

afinal, ser analfabeto é bom ou ruim?
já que os analfabetos são livres de entender o que quizerem em um texto escrito por um analfabeto...

poetaeusou . . . disse...

*
concordo,
gostei, muito !
,
saudações,
,
*

Karen disse...

E você escreve MUITO, né. Originalidade sempre. ;)

=*

Manifesto Interno disse...

seu texto bem humorado vem trazer um certo alívio intelectual,
não precisamos estar sempre certos literariamante falando,

e viva a liberdade de expressão!

(agora vamos a votação!)

Tiago Fagner disse...

Nóis, brasileiros, somu tudo anal-fabeto.

Taiyo Omura disse...

mas ae bicho, que implicações isso pode ter, quero ver um texto que seja uma mistura desse com o certo dia em algum lugar. me entende? eu gostaria de ver um universo absurdo feito de palavras, e um personagem no meio dele. siligou?
to esperando o texto então. qualquer coisa eu te explico melhor num bar do baixo botafogo, se vc me pagar um podrão. abs

Deni Maciel disse...

é haha ótimo texto
viva os neo analfas!
e pq analafabetos começam com anal ?
pq só tomam...

ééé.
enfim..

abraço
ótimo fds.
e feliz dia da bala de goma vendida em onibus..
pq as que vendem no farol é do paraguai...é o submundo terceirizado
alias deviam terceirizar o irã
ha haa quem nasce no irã é urâniano!

ps.: me lembra d votar no seu blog dps ?

Lara Amaral disse...

Não foi vc quem me disse que eu deveria escrever mais prosas? Se foi, procura lá o último conto que escrevi "O (quase) fim". Não costumo escrever muito neste estilo, então, aproveite para ler os poucos que têm no blog, rs.

Beijo e obrigada pelo comentário.

Paulo Vitor Cruz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Vitor Cruz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.