domingo, 20 de junho de 2010

Hoje é dia de comer biscoito

e cantar uma bela canção viking.

20 comentários:

Athila Goyaz disse...

ehuehuehueheuheuhe

O mundo se acabando, ninguém ligando pra isso.
e a Copa sendo o centro das atenções...

Henrique Miné disse...

um meteorito que caia no jogo de hoje prêle ver só uma coisa! --'

Elton... disse...

Muito bom... O juiz era um ótimo artista, afinal, hehe.

gabriela m. disse...

nem comento nada porque os dois primeiros comentários falaram por mim.

Paulo Braccini disse...

fantástica a críticidade ... criatividade à flor da pele ... tudo permeado por senso de humor de fazer inveja ...

bjux

;-)

flaviadoria disse...

Cara, você devia filmar isso... não um curta, mas um longa metragem!
Seria um blockbuster-catástofre à brasileira, todo em um estádio de futebol.
Tudo que as pessoas gostam, desgraça, sci-fi e futebol.

Dou o maior apoio.

Ana disse...

Adorei o blog e como você escreve, estou seguindo!
Beijos ;*

jennydias disse...

o caos que todos amam... =)

Raquel disse...

É sempre assim, tu ao redor se torna em gritos mudos, quando o assunto é copa do mundo!
Pior será em 2014, fato.

Seguindo aqui, visita o meu?
=*

Letícia Mariano. ღ disse...

U-a-u. Por isso eu apoio as artes plásticas!

Mari Amorim disse...

Rafael,
É sempre bom vir aqui.
Grande abraço,boas energias,
Mari

Marcella Leal disse...

Cara, o final me surpreendeu!
Alias, me emocionou.

Beijos

Tiago Fagner disse...

Rafael, nem sei o que dizer. Espero que isso nunca aconteça numa final de Copa do Mundo, para que seja preciso as pessoas verem que, às vezes, se você demora para começar a viver o seu sonho, pode não ter tempo o suficiente.

Me fez pensar. Abração
Ah, o texto sobre a chuva, é verdade sim, minha cidade escapou ilesa, mas muitas sofreram bastante aqui, como aconteceu ai no Rio, a Natureza costuma se repetir. Tsc.

Bia Gomes, disse...

Os seus textos fazem com que os meus pareçam escritos por uma criança de 8 anos. Tá, agora, por sua causa, vou ficar meio tensa no jogo da final - asaushausah =P
Eu não só enxerguei um desastre, daquele tipo ficção cientifica aí, como vi um belo jogo de sentimentos. Como o do tal juiz. Parabéns (?).

Jaíce Cristina disse...

Ótimo, ótimo!

Desnuda disse...

Rafael,

que maravilha de texto! Entramos neste jogo de coração porque sentimos em cada lance um alerta para as humanas emoções.

* Amei seu comentário. Obrigada

Beijos e excelente fim de semana.

Pérola disse...

Um beijo grande meu lindo.
Obrigado pela visita.
Beijokas.

Nayara Marques disse...

Poizé, não há nacionalismo, apenas um pseudo-nacionalismo, ou um fanatismo pelo futebol do país, não pelo país propriamente dito. Valeu pela sua opinião.

haha, muito bom o post. Fiquei aqui imaginando todas as cenas do seu escrito, realmente interessante e criativo.

bom final de semana
bjs

Marcel disse...

Muito legal!
Uma bela crítica, rapaz. Gostei!

Pearl disse...

Que fofo o texto.
Será que o meteorito que foi chutado era redondamente perfeito? hmm
Sabe o que o Jamess disse esses dias? Que quando tivesse faltando 8 minutos pro Corinthians ganhar a libertadores, o sol ia explodir e os corinthianos não teriam tempo de comemorar a taça, porque só iam ter 8 minutos de vida ahuhauhau lembrei disso quando li.