domingo, 25 de abril de 2010

Alegria Viril

.
Eu meto o meu pau com muita violência em você.
Meto rápido, com muita velocidade.
Sem me importar se você já quer que eu meta.
Ou se está lubrificada.

Eu meto e foda-se.
Se você sentir dor, melhor.
Meto com muita força.
Com toda a minha força.

Eu arrebento as suas ancas.
Continuo metendo até sua bacia estalar e quebrar.
Quando ela quebra, meto com mais força ainda.
Se os seus ossos quebrados rasgarem sua carne,
Melhor.
Desde que não me machuquem.
Se não soco os seus peitos.
Mas eu vou socá-los de qualquer forma.
Enquanto meto, soco.
Soco um de cada vez.
Depois de muito socar, os aperto.
Se não espirrar sangue pelos mamilos,
Continuo socando até sair.

A essa altura,
quando as ancas já estão quebradas,
E os mamilos espirrando sangue,
é por que devo estar quase gozando
É melhor você rezar para que eu não goze
Meu gozo vai explodir o teu corpo
Como uma bomba atômica
Vai espalhar seus pedaços
Não vai sobrar nada
Pois minha porra invade seu corpo
Com força, velocidade e violência
Toca na sua carne frágil
E a despedaça
Como uma bala de revolver faria
É possível até ouvir o barulho do choque
Entre a carne e a porra

Você está condenada à morte
Quando a minha porra entrar
Vai estraçalhar seus órgãos

Primeiro o útero
Depois o aparelho digestivo
Enquanto isso destroça os ossos
Coluna vertebral, costelas
E avança em direção ao crânio
Depois de estraçalhar o coração
Alcança a cabeça
Que explode como uma melancia podre
É nojento, tenho até que virar minha cabeça pro lado

Depois que sua cabeça explode
Posso parar de meter
Pois não haverá mais corpo em torno de meu pau
Seu corpo estará espalhado pelo teto e pelas paredes

Então caminho pro banheiro
Me limpo
E sorrio pro espelho
"Tenho orgulho de você", digo pro meu reflexo.
"Pois você é homem de verdade."





___________________________________________
Vejam no
http://descemaisum.blogspot.com/2010/04/impressoes-acerca-de-uma-realidade.html
"Impressões acerca de uma realidade objetivamente relativa sob o ponto de vista de alguém numa realidade subjetivamente absoluta"
Não me responsabilizo por esse texto; foi considerado impróprio para menores de 30 anos de idade e proibido em 45 países.

30 comentários:

Nathi Delacroix disse...

Esse foi tenso! :~

Tatá R. da S. disse...

Te desafio a escrever um texto em que você é um homossexual passivo em plena atividade sexual. xD

Nayla Lima disse...

Foi bastante selvagem e cruel.
Mas reflexivo, me fez refletir que infelizmente, muitos homens acham que pra mostrar toda sua testosterona, tem que ser machista, durão e sem sentimentos.

Sendo que as mulheres preferem os carinhosos.

Gostei!

Desnuda disse...

Rafael,

o final revela a intenção do poema. Mas as mulheres não mais aceitam ...Quebram o pau!


Beijos e boa semana, poeta!

flaviadoria disse...

Bacana, eu vou ter pesadelos mas o que vale é a intenção né? hahaha
Vou ali te encaixar na Escala Hare de psicopatia e já volto. beijosnãomeligapeloamordedeus.

Rúvila Magalhães disse...

Queria ver um comentário masculino por aqui mas só mulheres se manifestaram...
É isso que chamam de sexo selvagem hein??
Acho que muitos homens tem em mente que é isso mesmo que estão fazendo.

beijos

Juliana Oliveira disse...

Gostei, polêmicas sempre me atraíram., Essa é a minha natureza!!!

Érica disse...

Espetáculo de imagens. Nossa!

Vitor Chuva disse...

Olá Rafael!
Este texto trás-me à memória o filme de Stanley kubric "a laranja mecãnica", só que com uma muito maior dose de violência, a roçar a orgia,mas sem contexto, ou mensagem final condenatória dos que praticaram a violência.
Julgando perceber a ideia por trás de mesmo; ainda assim acho - o de uma violência gratuita, brutal, chocante mesmo - e desnecessária,e que deixa um travo desagradável a quem lê!
Cofesso que não gostei muito; um abraço!
Vitor

Manú disse...

:O

Hélen Ariane disse...

Você me assustou dessa vez! o.O

Deni Maciel disse...

que texto inteligente
ironico e verdadeiro
as mulheres não engolem qualqier coisa. hoje em dia.
metem o pau.,
e não to falando d travestis ou atrizes pornos [minha mente pervertida me domina..desculpa]

enfim
.
parabes pelos belos "devaneios" como dizem as sensitivas da blogosfera
ou simplesmente pelo texto dissertativo
poético inteligente e envolvente..



enfim

ótima quartaa...
e faço das do zé as minhas palavras..

melhore sua vida...
tome activia com johnnye walker...e saia cagando e andando..
*-*

e no rio grande do sul sexta estréia o filme..
o homem QUE LEVOU ferro 2....aieeeeee***

Fuii...

Jess disse...

Parte da minha mente católica diz pra eu não gostar desse texto.
Parte da minha mente Freudiana/Jungiana diz que você realmente deve ter sido estuprado em sua infancia.
Parte da minha mente Letrista diz que teu texto apenas ocupou alguns momentos na sua mente, mas provavelmente fez melhor à você do que um texto elaborado com eufemismos.

Não sei o que dizer acerca do tema, só que espero que essa não seja (fosse?) sua namorada.

Ray Siq disse...

bem tenso!

os homens só esquecem que isso não é ser homem.
bem interessante o texto!

:***

Henrique Miné disse...

não sabia que você era tão romântico assim.

Abraço.

tossan disse...

Romântico até o extrêmo, mas escreves bem e diferente. Abraço

Marianna disse...

Esse homem não deve ter 1 milímetro de pele descoberta. É um primo It de tanta testosterona...

Anônimo disse...

Olá Rafael,

Nunca tinha cá estado e nunca mais voltarei.........
pode ter a certeza .......

Detestei tudo o que aqui está escrito nesta porcaria de espécie de poema, melhor ODEIE.
O autor desta coisa horrenda é um ser desprezível, nojento, doente , tarado que devia estar, no mínimo, preso....

Lamento que tenha quem o leio e não de manifeste, não o denuncie à polícia.

Passe muito mal, espere pelo castigo

Não assino para não o ter que ver no meu Blog, só por isso, seu
PORCO ASQUEROSO!

Tiago Fagner disse...

Acho que esse texto é como "Mulheres de Atenas" de Chico, que fala uma coisa querendo dizer o contrário, que parece ser uma apologia a violência, mas na verdade é uma crítica a esse sentido de posse e objeto que muitos homens ainda tem das mulheres. Acho q o cara ou a moça ali em cima não conhecem o teu estilo descarado e debochado :P

Inês disse...

PUTA MERDA! CABULOSO!
Te desafio a escrever um texto em que você é um homossexual passivo em plena atividade sexual. xD [2]

Athila Goyaz disse...

Encontrar "viris" desse tipo é mais comum do que se pensa.

muito bom o texto, beeeem doentio hehe
abraços

Daniela Filipini disse...

Que horror sheusheu

Papo de Garota disse...

vc é profundo

Junker disse...

acho q ja vi um video assim na internet

Ale Sbano disse...

Eu fiquei muito nervosa ao ler,mas entendi como uma crítica.Corrija-se se eu estiver errada.

Ferdi disse...

Estou rindo do comentário do Junker.
E devo dizer que você é muito bom nisso, chocar sem fazer nenhum sentido, até que faz. Obrigada.

Clariano disse...

Caralho, que brutal!
haha.
O texto é doentio mas eu curti.
Abraço.

Anônimo disse...

This will astonish you!

ZEITGEIST: ADDENDUM

http://www.zeitgeistmovie.com/

Money as debt

http://www.youtube.com/watch?v=vVkFb26u9g8

project camelot magnetic motor

http://www.youtube.com/watch?v=hkgyY47duCM

AMAZING!!

OZONATED WATER: CURE ANYTHING!

http://www.stoptherobbery.com/

Monatomic Gold

http://monatomicgold.co.uk/index.php

Pricila disse...

Te falar que eu tenho um bem parecido... a flavia sabe minhas tendencias BDSM hahahah

Eu gostei. Achei sexy, arrogante(arrogante é sexy por si só), envolvente, exageradamente violento - o que é bom, o Tarantino é rico ou não é? - bem pesado e forte... Enfim.. Um texto machononsensesuperexcitantepraquemcurte =O

Maria disse...

E coloca BDSM nisto... rs.
O texto choca, é violento. Mas é assim mesmo, desta forma violenta e fria que muitos homens se comportam psicologicamente e emocionalmente frente às mulheres.
Eu gostei.