domingo, 31 de janeiro de 2010

Suturas

.
Sorvetes
Tempestades solares
Código de Hamurabi
Bicicleta de antologia
Clérigo de coleira
Ratazanas soltas
Sacos de lambuja
O sonho de Rigoletto
Saias catequisadas
Quanto tempo, tempero
Saídas de Janeiro
Fórmulas de papiro
Requeijão brasileiro
Fogos de artifício
Sonolências do cosmos
Périplos a dar pro povo
Ondas de quizumbas
Só chove se for Dezembro
Agora, é pras cervejas
De novo, só de futuros
As casas



-----------------------------------
Vejam no
http://descemaisum.blogspot.com/
Sempre Como na Primeira Vez

22 comentários:

Ale Sbano disse...

Coisas soltas.aleatórias.fazem sentido.

Ouvirei Milton..obrigado pelo comentário..bjuss

Paulo Braccini disse...

esta hemorragia de idéias é simplesmente deliciosa ...

adorei

bjux

;-)

Taiyo Omura disse...

esse e o dos troços eu to gostando de ver, dando novos ares pra tua poesia, to gostando, continue na impermanência...

Essência e Palavras disse...

Obrigada pela visita, te espero mais vezes.


Gostei daqui... seus textos encantam.

beejo e boa semana

Jaqueliny Euzébio disse...

Faz tempo que não passo aqui e, mesmo assim, continuo gostando.

[ rod ] ® disse...

Confusões, conturbações e convergências... eis o tudo e o todo em mistura ampla! abs meu caro.

Mariah disse...

já é janeiro
mas chove um montão...

também adoro "hemorragia de idéias" como disse meu amigos aí atrás!

Edilson disse...

Querido:

Gostei do que li, uma verdadeira miscelânea de conceitos e sentimentos. Parabéns maravilhoso. Linda semana..beijão.

Ferdi disse...

Me senti lendo "A Marchinha Psicótica de Dr. Soup", hahaha

duda disse...

vou pensar numa lista assim...talvez publique.
ou talvez seja perigoso demais!

tico disse...

mandou um pra mente antes de escrever, né?

Juliana Lira disse...

Rafael

Sua sutura foi pra mim um inquietante demonstração do qual vasta pode ser a mente humana...

Unir o Código de Hamurabi com requeijão brasileiro foi inimaginável!rsrsrs
Parabéns!

Grato pela visita, aguardo sua volta.

Milhões de beijos!

Érica disse...

Muita informação,mas foi ótimo. É sempre uma experiência te ler, eu diria até antropológica. rsrss
Beijos

Aninha disse...

"Saídas de Janeiro"
Adoreii, me fez lembrar das minhas saídas de janeiro.

bjinhos*/~

Ray Siq disse...

eu queria saber criar ideias mesmo assim aleatoriamente.

Beijooo ;***

Ju Fuzetto disse...

Bom dia!!!

Simplesmente adorei seus versos!!

Tens um jeito irreverente de expor tudo o que sentes.

Gostei daqui!!!


beijocas e Parabéns!!!

Tiffany disse...

quem me dera se só chovesse em dezembro!

Karen disse...

Loucura Loucura Loucura.

Marianna disse...

sim! eu fiz no paint hauihiauhaihiau

Pablo Cordier disse...

Além da irreverência, acho que o seu texto é bastante particular - íntimo. Então, independente do que nós consigamos interpretar, sempre terá um significado diferente para você. Enfim, gostei - mesmo.

Tiago Fagner disse...

Pois é rapaz, tem coisas que são realmente 'complicadas'...

Mas quanto ao teu texto, eu gosto de poesias que tem esse jogo de palavras aparentemente desconectadas. É como um álbum na minha cabeça.

Abraço!

@philipsouza disse...

Uma mistura que resume a um unico sentido....

parabens ...abraços