sexta-feira, 27 de março de 2009

Onda e Neve

Onda e Neve
Grito breve
Sono leve

Anoiteceu
A tarde sua
Ensurdeceu

Há uma papel
Passando a limpo
Ali no céu

Coisas que esquecemos falar
Falas que esquecemos dizer
Notas que esquecemos de tocar
Versos que esquecemos de escrever



Onda e chuva
Um grito rouco
E um sono que não nos deixa levantar

Amanheceu
E a madrugada
Adormeceu levando embora o que era efêmero

(Como aquele papel
que passava a limpo
o que não era pra esquecer)

O sonho belo que esquecemos de lembrar
A felicidade imensa que esquecemos de guardar
A paixão arrebatadora que esquecemos viver
A onda e neve, o grito breve, o sono leve

2 comentários:

Rafael L. Smith disse...

Coisas que a gente se esquece de dizer
Frases que o vento vem as vezes me lembrar
Coisas que ficaram muito tempo por dizer
Na canção do vento não se cansam de voar
Você pega o trem azul
O sol na cabeça
o sol pega o trem azul
Você na cabeça
O sol na cabeça

(modula pra ré maior)
Você pega o trem azul
O sol na cabeça
o sol pega o trem azul
Você na cabeça
O sol na cabeça

(modula pra mi maior)
Você pega o trem azul
O sol na cabeça
o sol pega o trem azul
Você na cabeça
O sol na cabeça

Adrianna Coelho disse...

gostei daqui rafael! voltarei.

olha, estou fechando o meu blog e gostaria de convidar as pessoas que o segume para continuar a leitura, só que para isso preciso do e-mail, se quiser, escreva para: mapavitra@gmail.com

um abraço