sábado, 25 de abril de 2009

Corujão da Poesia


Na última terça, fui, acompanhado de Taiyo e Álvaro, ao Corujão da Poesia, que acontece toda terça-feira, à partir da meia-noite, na livraria Letras e Expressões (Leblon, Rio de Janeiro).



É um evento muito legal, um clima ótimo, com pessoas de todos os tipos. Os participantes leem poesias próprias, ou de autores já consagrados. Também é permitido cantar/tocar músicas próprias, ou de autores já conhecidos.


A foto retrata o momento em que eu confundia a cabeça das pessoas, lendo o meu poema "O Sol é o Sol". Foi uma experiência interessante, nunca havia lido para várias pessoas algo escrito por mim.


Então, atenção poetas e amantes da poesia: vale muito a pena ir no Corujão! O evento também acontece na Barra da Tijuca e em Niterói, quinzenalmente.


O blog do evento: http://corujaodapoesiaedamusica.blogspot.com/


6 comentários:

Andréia Alves Pires disse...

Tens sorte de poder participar desse tipo de coisa... por aqui nada acontece. nem propondo uma idéia assim vai adiante. mas tem meia dúzia de insistentes que seguem inventando maneiras de mostrar que literatura não é válida só na página do livro. :)

Taiyo Omura disse...

"o bagulho é doido, Bernadete!"
como diria meu amigo Fred - viva Fred!

Mila Bevilaqua* disse...

Ah,quem me dera! Quem me dera morar em uma cidade que tivesse um corujão desses. Mas, infelizmente, não moro.rsrsrs
Mas parece ser bem interessante, espero ter oportunidade de participar um dia, quem sabe, de um desses.^^

abraço.;)

Cosmunicando disse...

que inveja!
aqui de coruja só eu... tsc tsc

Kath disse...

Meia-noite? Isso lá é hora de gente decente?
Muito perigoso, até porque lá só tem poetas.
Vai vir me ver?

Lara :) disse...

muito legal *-*